domingo, 4 de novembro de 2012

Pelo Xácara Bruxa



Passada à pouco mais uma noite de Halloween, recordamos agora como foi a nossa no ano passado. Ano que se revelou bastante árduo para a nossa tuna e nada melhor que um festival para nos animar a todas. Foi assim que, a convite da Barituna, a EST'eS La Tuna Feminina marcou presença no IX Xácara das Bruxas



Tudo começou na noite de 28 de Outubro, como não poderia deixar de ser, com uma festa de Halloween, onde não faltou música, animação, bebida e máscaras a combinar com o evento. 

No dia seguinte, lá nos juntámos todas de novo, e nem imaginávamos o dia que se avizinhava... Começando por um almoço bem animado, lá nos dirigimos nós para o passa-calles. Foram horas e horas, sempre a andar a pé (e não foi nada pouco) de tasca em tasca, mas onde a animação e alegria eram palavras de ordem. Em cada tasca uma música, em cada tasca mais uma bebida...e tudo culminou num mini-ensaio no nosso camarim claustrofóbico, mas em que era notória a felicidade em cada um dos nossos rostos por estarmos a partilhar mais um momento em família. Foi com enorme alegria que recebemos o prémio de Melhor Passa-Calles! A festa continuou noite dentro!


Foi neste festival que a nossa pijaminha recém-chegada Doraemon (agora Caloira) subiu pela primeira vez a palco :D

sábado, 7 de abril de 2012

Por onde andámos no Natal


Como o Natal é quando uma Tunante quiser, hoje aproveitamos para relembrar como foi o nosso último Natal.
Membro pontual da Est'es La Tuna Feminina Ricardo Carriço!
Nós somos umas meninas que se portam bem durante o ano todo, ou pelo menos quase todo. E como a Tuna é para nós uma Família gostamos de festejar sempre o natal, dando música a todos aqueles a quem conseguimos chegar.
Este ano que passou tivemos oportunidade de participar na festa de natal da associação Acreditar - Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro. Foi super divertido, com um público maravilhoso que cantou connosco o tempo todo. Nem o ator Ricardo Carriço escapou e a convite da nossa querida  pijama Daniela "Doraemon" Lopes, também ele se juntou a nós em palco. Foi uma risada total! No final ainda ganhámos um autografo para mais tarde recordar.

Est'es La Tuna Conhece o Pai Natal!




E como fomos bem comportadas todo o ano e no natal demos aquilo que tínhamos aos outros, a nossa música e alegria, tivemos o privilégio de conhecer em pessoa o Sr. Nicolau. Sim é verdade! A EST'eS La Tuna Feminina Conheceu o Pai Natal!


sexta-feira, 6 de abril de 2012

Por onde temos andado!

A Est'es La Tuna Feminina tem andado bastante ocupada. Digamos que temos andado a tratar dos alicerces da casa. Mas depois da casa arrumada, temos tempo de deixar aqui um bocadinho do que temos feito no último Ano.

Começando pela passagem, a 2 de Abril, pelo X Acordes - Festival de Tunas Femininas da ESSE de Setúbal, organizado pela Tuna Sadina.


Foi neste belo festival e na mui nobre cidade de Setúbal, que a nossa caloira Joana Coimbra, ganhou o seu nome de "Roaz". Pois não poderíamos deixar esta cidade tão bela sem trazer connosco algo que nos recordasse dela. Então em honra a Setúbal e ao Rio Sado, assim ficou Joana "Roaz" Coimbra.

Sendo a Tuna Sadina divertidíssima, o seu festival não se poderia esperar de outra maneira se não bastante divertido também. Durante a tarde lá caminhámos nós de instrumentos debaixo do braço, vozes afinadas e cantámos pelas ruas de Setúbal, sem esquecer a bela da Serenata a Bocage.

E não fosse nós adorarmos a vida de estudante, nada melhor do que participar em festas de estudantes....Mas não sei antes dar a conhecer um pouco do que é uma tuna bem portuguesa a um grupo de estrangeiros, tendo o nosso querido Castelo de São Jorge como palco...foi assim que começou o nosso dia 15 de Abril. Depois desta pequena apresentação, lá fomos nós muito apressadas até à residência Maria Beatriz, onde actuámos na nossa primeira festa do estudante, festa que durou noite dentro com muita música e animação. Passada uma semaninha de ensaios, pegámos de novo nos nossos instrumentos e rumámos até Alcobaça. Destino final: Casa do Povo de Alfeizerão, onde iria decorrer mais uma festa do estudante. Foi então que depois de um jantar bem animado e depois de adoçarmos a boca com um pão-de-ló especialíssimo para nós, que subimos a palco e com a nossa música esperámos ter animado todos os que estavam naquela festa.