quarta-feira, 10 de novembro de 2010

De volta à Acção!!!

Novamente em grande, ficam aqui as datas das próximas actuações:

@ Real República de Coimbra (Parque das Nações): Hoje às 23:00

@ Lar de Idosos "Colmeia dos Mestres": 11/11 às 17:30

@ Arraial da Saúde (ESTeSL): 25/11 às 22:00

Contamos com a vossa presença!

Tudo isto é TUNA

O primeiro ensaio que tive na EST’eS La Tuna Feminina, naquele espaço de improviso, rodeado de lugares de estacionamento, a dois pisos abaixo (o taxamento de IVA nas bebidas alcoólicas), já se faz sentir. Sentir as saudades de uma nova aventura na minha vida, dos pensamentos que então me atormentavam mas que, simultaneamente, me davam alento (“que tola agora no terceiro ano, entrar para a tuna e ver miúdas mais novas do que eu integradas no grupo”). Pensamentos dissipados, pois rapidamente senti-me integrada no grupo certo, independentemente da heterogeneidade entre as outras tunantes. E depois, vieram as saídas, os convívios, os jantares…e foi logo no primeiro jantar, na grande referência mítica de Moscavide, “Zé da Eira”, em que me senti acarinhada e não restavam dúvidas quanto ao quão importante me era a Tuna. São as saídas, os muitos ensaios, os festivais, as noites de folia, ainda que algumas passadas em condições impróprias (alojamento) me fazem salutar por pertencer, integrar e integrar na minha vida, a vida de tunante pela EST’eS La Tuna Feminina.

Cada dia que me desloco à ESTeSL pela Tuna, é um dia cujo percurso se faz com ânimo. Ânimo Total! Foi num dia destes em que, depois de horas em transportes por esse Portugal, cheguei à sala da Tuna e deparo-me com um ensaio animado (animação hardcore), onde estava presente o magnífico do nosso repertório e onde era notório o “cortir” nos nossos rostos, em que fui surpreendida pelo ritual da passagem!

Aquela terça-feira, 2 de Novembro, tornou-se um marco para mim e não só. Agradeço às veteranas Star, El Mosca (sim, El Mosca, finalmente!) e Guedes (lá está :P), as minhas recentes madrinhas, toda a amizade e o carinho ao longo destes anos. Faltavas tu, Chris! Tu que para além de grande amiga sempre me apoiaste em tudo na Tuna e na vida. A tua ausência foi notada e o pensamento em ti foi presente. Não sabes mas também fazes parte do meu grupo de madrinhas :D

Congratulo a também mais recente veterana Patrícia, cujo empenho e dedicação à nossa Tuna aumente de dia para dia.

Na minha recente condição de veterana, foi-me possibilitado baptizar a minha afilhada Inês Cunha, que também neste dia viu o seu esforço e empenho reconhecido e foi passada a caloira. Parabéns! Nesta noite que prometia foram também passadas a caloiras: a Barrancos, a Irmã [da Margarida], e uma relíquia das aspirantes a ex-pijaminha-Dux Rita. Sem dúvida um dia muito especial para todas e para a Tuna!


Volvidos 4 anos na ESTeSL, canudo na mão é com enorme felicidade que digo que este percurso apenas ficou completo porque havia a Tuna a completar-me. Se podia passar sem a Tuna? Podia! Mas não era mesma coisa!

Abraço a todas…

Ofélia*

EST’eS La Tuna Feminina…OLÉ!!!!!!!!!!!!!!!

P.S.: E quando me perguntam: “Tens a mania que és especial?”, eu respondo: “Sim, sou ESPECIAL!!!!!!!!!